11.02.2007

Uma amiga perdeu hoje alguém...

... e neste momento, que tenho aqui uma vida dentro de mim a pulsar, não páro de pensar em quem já se foi e de quem tanto guardo saudade. Novas vidas chegam, outras partem. Estou com lágrima fácil.

Tenho saudades vossas, tantas, tantas, Avô Artur e Avô Fernando.

1 Comments:

Anonymous Susana da Fonseca said...

A vida é que se perde….e nós mortais, insistimos na verdadeira armadilha de não pensar que aqueles que amamos estão cá de passagem tal como nós. Não gosto de certezas, mas essa é das únicas certezas que tenho, nascer…viver e morrer.
Por muito que se diga que a vida são só 3 dias…por vezes a memória adormece e permanece nesse estado até que a “vida/morte” nos resolve acordar!
Gosto muito de ti Sara. A tua amizade é um porto seguro.
Um beijo
Su da Fonseca

3:05 PM  

Post a Comment

<< Home