2.27.2006

Só para 'coca-bichinhos' como eu

Na sequência do post anterior e porque não me apraz falar de nada mais interessante vou mencionar algumas 'pequenas-grandes coisas' que irritam profundamente o comum dos mortais, pelo menos se forem tão picuinhas como eu no que respeita aos sons e afins. Pronto, vou partilhar com os meus escassos leitores as minhas taras e manias (como diz o outro):

- Perturbam-me aquelas efusivas inspirações e expirações nasais de efeito assobio;

- Quando alguém não respeita aquilo que eu chamo 'a distância sociável' e falam pertinho, pertinho de nós, e por muito mais que vocês tentem afastar-se, a pessoa teima em aproximar-se de nós e continua a falar pertinho, bem pertinho;

- Existe outra variante da "distância sociável" que também me põe de cabelo em pé... estão a ver o pessoal que fala e gesticula muito e está constantemente a tocar-nos no braço com uma pancadinha sublime?

- Não suporto o som da esferovite;

- Irrita-me quando alguém rói as unhas e cospe-as para onde der (já nem falo nas típicas mucosidades que se expelem pela boca);

- Perco as estribeiras quando, no cinema, se senta ao meu lado alguém com o típico balde de pipocas. Fico ainda mais furiosa quando teimam em escarafunchar o raio do balde para apanhar as últimas pipocas. Fico duplamente furiosa quando comem o dito produto com a boca aberta (as batatas fritas também têm o mesmo efeito);

- Depois de um bom repasto alguém solta aqueles ruídos momentâneos da boca como que a tentar livrar-se de um pedacito de carne incrustada no meio de um dente;

- O som produzido a limar as unhas;

- Quando alguém se dirige a outra pessoa com um «pst pst»;

- Irrita-me o lixo acumulado no meu teclado;

... quem quiser completar a lista faça o favor, para já e assim de repente não me lembro de mais nada :)

5 Comments:

Blogger wasted blues said...

"Não suporto o som da esferovite"

Nem eu, arrepio-me toda! :)

4:56 AM  
Blogger dani_dc said...

Completo a lista com algumas outras coisas:

- Pessoas que teimam em tossir sem meter a mão à frente da boca

- Empregados de balcão que coçam o nariz e depois sem lavar as mãos nos vêm servir

- Cabelos encontrados em pratos, copos e afins

12:45 AM  
Blogger Miss _B said...

- Quando estás há meia hora numa fila para fazer algo ou resolver algum assunto e aparece alguém, tentando passar à nossa frente, dizendo : "oh menina desculpe, é só para fazer uma perguntinha"...Uma perguntinha o car****!! Vá pra fila como os outros!

- Quando estou atrasadíssima, a entrar na estação do metro, e vêm 8 velhinhos "oh menina oh menina como é que isto se carrega? eu quero ir pro hospital s. joão!"...sim, isto aconteceu-me, e tive de explicar a 8 velhinhos como se faz e coisa e tal (um a um! pq todos me pediram pra lhes carregar a porra do andante!)

3:54 PM  
Blogger SIPO said...

ehehehe B, apesar de todos os constrangimentos há dias que mais vale andar de carro realmente!

Dani, quanto aos cabelos é daquelas coisas mais terríveis que podem estragar o melhor dos manjares :)

Wasted Blues e o som produzido por dezenas de talheres? :-]

4:55 PM  
Blogger Diana said...

Pois é Linda para além de muitas mais coisas, como todos já sabem:

- não suporto que façam barulho onde não se possa fazer. Principalmente no teatro, na ópera, no cinema, em sessões de tertúlias, em concertos de música mais calma, etc. Sessões onde o silêncio é um elemento fulcral.
Como a Sandra diz: "que falta de chá"..lol

10:46 AM  

Post a Comment

<< Home