4.28.2006

Regras da aposentação


Para já não estou minimamente preocupada com a minha reforma. Para aquilo que ganho e para o que desconto e face ao meu 'glorioso' trajecto profissional não posso pensar muito no assunto, senão nem aos 65 vou conseguir jogar à sueca!

Mas fiquei verdadeiramente abismada com as mexidas no sistema de Segurança Social propostas pelo Governo de Sócrates sobre o lema «Uma reforma que não pode esperar mais».

Mais vale começar desde já a guardar um dinheirito debaixo do colchão e ignorar o assédio dos bancos para fazer um PPR, e um seguro de vida, e um plano poupança, e um plano de investimento nos mercados emergentes, e um plano poupança aforro familiar e o mais que houver;

Fiquei ainda mais perplexa com outra fantástica proposta de reforma:
A vergonhosa explicação governamental para a evidente discriminação dos casais que não têm filhos! Pelos vistos estes casais vão ser obrigados a pagar mais que os actuais 11% de descontos para a Segurança Social! A pagar mais por não terem filhos!!!! Para o Executivo está é a forma encontrada para inverter a curva descendente da natalidade no nosso país!
Quer dizer, para além de serem penalizados com a porra do destino, têm ainda de gramar com a audaciosa fórmula encontrada pelo engenheiro para estes caais pagarem mais por uma fatalidade que, a grande maioria, não escolheu!

Sinceramente ou sou eu que preciso de 'reformar' as minhas prioridades, ou então o meu maninho e a Coca-Cola têm mesmo razão: Mais vale pensar desde já abrir a barraquinha de sumos tropicais na ilha de Itaparica, ensinar surf no Havai, dedicar-me aos colares de missangas no Burnéu e dar de frosques deste marasmo de país.

A frase «morrer jovem mas feliz» começa agora a fazer algum sentido!

Tenho dito!

6 Comments:

Blogger amendonza said...

Por mim é já... vamos para a ilha deserta e acaba esta tanga toda!!!

6:01 PM  
Blogger Ines said...

posso colar-me? :p

2:02 PM  
Blogger 125_azul said...

também quero. Sei cozinhar, pode dar-vos jeito!

8:20 PM  
Blogger Miss _B said...

Xiii bem dizia o meu amado pra irmos pro Brasil montar um bar na praia e "fazer filhos"!

6:28 PM  
Blogger SIPO said...

Inês e 125 Azul obrigado pelo apoio, já sei que numa suposta incursão pelo paraíso vocês alinham na viagem jangada ;)

>>

Miss B, queres cenário melhor? Quando visitei a Baía fui a uma 'reserva hippy' e eles sobreviviam assim, a única diferença era no negócio - vendiam colares, brincos, tecidos e outras bugigangas - e nas doses pouco aconselháveis de maconha!

4:03 PM  
Blogger SIPO said...

amendonza até gostava de ver, deixavas o teu sub-sub-status para te dedicares avec moi ao negócio da batida de côcô?

4:03 PM  

Post a Comment

<< Home